APIAÍ

Apiaí é um município turístico, onde se destacam diversas esculturas em argila. Com relação ao seu relevo, possui vários morros, dentre eles o Morro do Ouro, o mais famoso de todos. Cercado pela Mata Atlântica, possui muitas grutas e cachoeiras e faz parte de roteiros turísticos. É uma cidade de clima frio, localizada no Vale do Ribeira, numa região declarada pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) como “Reserva da Biosfera do Patrimônio Mundial”. A região de Apiaí é o maior remanescente de Mata Atlântica do país, evidenciando uma riqueza paisagística composta de recursos naturais de rara beleza.

ELDORADO

Eldorado é um dos 29 municípios paulistas considerados estâncias turísticas pelo Estado de São Paulo, por cumprirem determinados pré-requisitos definidos por lei estadual. Tal status garante a esses municípios uma verba maior por parte do Estado para a promoção do turismo regional. O município também adquire o direito de agregar junto a seu nome o título de “Estância Turística”, termo por que passa a ser designado tanto pelo expediente municipal oficial quanto pelas referências estaduais. Dentre as atrações turísticas destacam-se a Caverna do Diabo (Gruta da Tapagem), localizada no Parque Estadual Caverna do Diabo, a Cachoeira do Meu Deus e a cultura Quilombola.

IPORANGA

O município é cercado por unidades de conservação, dentre as quais se destacam o Parque Estadual Caverna do Diabo e o Parque Estadual Turístico do Alto Ribeira – PETAR, que com cerca de 35 712 hectares abriga o valioso patrimônio natural, composto por sítios espeleológicos, paleontológicos, arqueológicos e históricos além da grande diversidade biológica característica da Mata Atlântica preservada em toda sua extensão. Em 1999, essa região foi reconhecida como Patrimônio Natural da Humanidade pela UNESCO.

REGISTRO

No município há alternativas de passeio rurais, onde se podem praticar cavalgadas e pesca amadora e esportiva. Pode-se visitar a Estação Experimental de Zootecnia de Registro, no Instituto de Zootecnia, onde é desenvolvida a criação de búfalos. Existe, ainda, o projeto para construção de um museu do chá no município. Na zona rural é possível observar a influência dos japoneses na concepção arquitetônica das residências. Entre as opções de passeio e recreação estão o bosque municipal e as praças públicas.
Ainda na Praça, há o já citado Centro de Educação e Cultura KKKK, conhecido também como antigo Casarão do Porto. Após o tombamento estadual enquanto patrimônio histórico, ocorrido em 1987, a Prefeitura de Registro desapropriou o conjunto arquitetônico e o declarou como de utilidade pública, pelo decreto nº174 de 1990, repassando-o em 1996 à Secretaria da Educação para um projeto em conjunto. Em 1999 iniciou-se a restauração do conjunto por uma empresa especializada, mantendo características originais.